Oposição volta às ruas na Venezuela

A oposição venezuelana realizou nesta quinta-feira uma marcha na cidade de Maracay, região central da Venezuela, em protesto pelas medidas de ajuste econômico aprovadas pelo governo do presidente Hugo Chávez para reduzir um déficit fiscal de mais de US$ 4 bilhões.A marcha faz parte de uma série de manifestações de protesto em algumas cidades do interior do país para promover a corrente de oposição a Chávez, que enfrenta uma grave crise política e econômica desde o fracassado golpe de Estado de abril.Cerca de 10 mil opositores políticos e membros da Confederação de Trabalhadores da Venezuela (CTV) percorreram algumas das avenidas centrais de Maracay, cerca de 120 quilômetros a oeste de Caracas, para protestar contra o aumento de alguns impostos, do desemprego e a deterioração das condições de vida dos venezuelanos.O deputado de oposição Andrés Velásquez declarou à tevê Globovisión que a marcha representou a "melhor demonstração de repúdio" ao governo de Chávez, que ele qualificou de "desonroso, agressivo e violento".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.