Oposicionista derrota candidato de Cristina ao Senado, diz boca de urna

Outra vaga no senado teria ido para o partido de Mauricio Macri, ex-presidente do Boca

O Estado de S. Paulo,

27 de outubro de 2013 | 20h06

BUENOS AIRES  - O ex-kirchnerista Sergio Massa, ex-chefe de gabinete da presidente Cristina Kirchner, venceu a disputa pelo Senado na província de Buenos Aires, indicam pesquisas de boca de urna feitas neste domingo, 27.

Massa, atual prefeito de Tigre, na região metropolitana da capital argentina, teria vencido na província de Buenos Aires por pelo menos dez pontos seu principal adversário político, o governista Martín Insaurralde, da coalizão Frente para a Vitória, da presidente Cristina Kirchner.

Nas primárias realizadas em agosto, Massa se impôs por 34,94% sobre Insaurralde, que ficou com 29,6%. "Estamos o dobro que do que estávamos nas primárias", comentou Claudio Ambrosini, porta-voz da Frente Renovadora, partido de Massa, após conhecer as primeiras pesquisas.

Na capital, segundo as mesmas fontes, se consolidaria o triunfo dos candidatos da conservadora Proposta Republicana, que é liderada pelo prefeito da cidade de Buenos Aires, Mauricio Macri. "Hoje começa a mudança na Argentina que vai ser consolidada em 2015", com as eleições presidenciais, disse o chefe de Gabinete portenho, Horacio Rodríguez Larreta, em uma primeira reação depois do fechamento das urnas.

As leis eleitorais da Argentina proíbem que os meios de comunicação divulguem enquetes no país até as 21h local (22h, horário de Brasília), hora a partir da qual começarão a ser divulgados os primeiros dados oficiais da apuração provisória. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.