Oposicionista diz que denúncias não o abalam

O líder da oposição sul-africana, Julius Malema, disse ontem a seus partidários não estar abalado com as denúncias de corrupção. Ex-líder da juventude do Congresso Nacional Africano (CNA), Malema é acusado de lavagem de dinheiro. Ele prestou depoimento na quarta-feira em um tribunal de Polokwane e foi liberado depois de pagar fiança. O rival do presidente Jacob Zuma prometeu continuar sua luta por liberdade econômica na África do Sul. Malema acusa Zuma de persegui-lo politicamente.

O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.