Oposicionista iraniano critica governo 'linha-dura'

O líder da oposição iraniana, Mir Hossein Mousavi, disse hoje que os líderes da linha-dura do governo do país poderão ter o mesmo destino que o deposto regime do monarca Reza Pahlavi (1919-1980), se eles continuarem a consolidar o seu apoio através da força.

AE-AP, Agência Estado

26 de julho de 2010 | 16h43

Os comentários representam um claro rompimento de Mousavi com o sistema do qual foi um partidário durante muitos anos. Mousavi, ex-primeiro-ministro do Irã, foi um fervoroso partidário da Revolução Iraniana de 1979, que qual acabou levando um governo islâmico ao poder.

Depois, Mousavi se relançou como líder da oposição reformista do país, e no ano passado disputou as eleições presidenciais. Em comentários postados hoje em seu website, Mousavi acusa a linha-dura de virar um sistema opressivo de um só partido.

Até agora, Mousavi havia criticado as autoridades pela feroz repressão aos protestos pós-eleitorais, ao invés de criticar o sistema em si.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãoposiçãoMousavi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.