Opositor recebe ameaças na Argentina

O jornalista Alfredo Leuco - um dos radialistas mais famosos da Argentina e duro crítico das medidas adotadas pelo governo de Cristina Kirchner contra os meios de comunicação - disse ontem que recebeu ameaças de morte. Segundo ele, o blogueiro Lucas Carrasco, um dos principais militantes do governo na internet, prometeu matá-lo com uma metralhadora.

Ariel Palacios CORRESPONDENTE / BUENOS AIRES, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2010 | 00h00

O plano de Carrasco consistiria na convocação de um protesto nas portas dos estúdios do Canal 26, onde Leuco faz comentários de política, e invadir o lugar para "matar todos". Carrasco escreveu em seu blog que nenhuma pessoa ficaria viva. "Matarei todos, eu juro. Este post servirá de prova", afirmou.

Leuco, uma das estrelas da Rádio Continental, também levou o caso às comissões de liberdade de expressão da Câmara de Deputados e do Senado.

A relação entre o governo de Cristina e a mídia do país tem sido turbulenta. A presidente já acusou diversas vezes os jornais Clarín e La Nación de armarem um golpe de Estado com o auxílio da oposição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.