Opositores encerram onda de protestos

Líderes da oposição tailandesa, que no sábado iniciou violentos protestos em Bangcoc, encerraram ontem abruptamente as manifestações de rua. O anúncio foi feito um dia após o Exército lançar uma contraofensiva que deixou 2 mortos e 113 feridos. Opositores, porém, garantem que continuarão a exigir a renúncia do premiê Abhisit Vejjajiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.