Oração sela compromisso contra violência religiosa

O papa João Paulo II agradeceu nesta sexta-feira aos líderes religiosos de todo o mundo por sua "coragem" de assumir o compromisso de trabalhar pela paz e acabar com a violência em nome da religião. O papa discursou para cerca de 200 delegados que participaram de um retiro pela paz iniciado hoje em Assis, e recebeu-os para um almoço no Vaticano. Eles representavam 12 religiões, entre eles o Islamismo, o Cristianismo, o Judaísmo e o Budismo. "Acima de tudo, agradeço a todos vocês por seu desejo de trabalhar pela paz e por sua coragem em declarar perante o mundo que a violência e a religião nunca podem andar juntas", disse o sumo pontífice.

Agencia Estado,

25 Janeiro 2002 | 15h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.