Orçamento de Bush destina 17,9% para despesas militares

A proposta de Orçamento do governo federal dos Estados Unidos para o ano fiscal de 2004, apresentada pelo governo do presidente George W. Bush, prevê um déficit de US$ 307 bilhões e despesas de US$ 2,23 trilhões, sendo US$ 399,1 bilhões em despesas militares - ou seja, 17,9% dos gastos totais. O documento prevê que no ano fiscal de 2003, que termina em setembro, o governo federal norte-americano terá um déficit de US$ 304 bilhões. O Orçamento proposto não inclui provisão para uma possível guerra contra o Iraque. No ano fiscal imediatgamente anterior à posse do presidente Bush, o governo dos EUA teve um superávit de US$ 387 bilhões. Graças em parte aos cortes de impostos propostos por Bush, os déficits acumulados entre os anos fiscais de 2004 e 2008 deverão totalizar US$ 1,1 trilhão. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.