Organizações muçulmanas alemãs homenageiam vítimas do 11-9

Um total de 14 organizações muçulmanas daAlemanha homenageou, nesta segunda-feira, em Colônia, as vítimas dosatentados terroristas nos Estados Unidos de 11 de setembro de 2001,coincidindo com o quinto aniversário dos ataques. Em declaração conjunta de organizações muçulmanas e de imigrantesna Alemanha, os signatários lembram que "o 11 de Setembro de 2001foi marcado com ferro quente na consciência da humanidade comosímbolo da violência, do terrorismo e do extremismo religioso". Os grupos lembram que entre as vítimas do 11 de Setembro tambémhavia muçulmanos e asseguram que "o terrorismo não encontra no Islãnenhuma justificativa". As 14 organizações muçulmanas fizeram nesta segunda-feira em Colônia umpedido a "todos os muçulmanos para que rezem pela paz e a justiça detodos os povos do mundo". "O Islã é a religião de fazer a paz. A saudação ´salam´ é umsímbolo da mensagem de paz de nossa crença", afirmam os signatários,entre eles o Conselho do Islã, o Conselho Central dos Muçulmanos naAlemanha e a União Turco-islâmica para o Ensino da Religião. Em 8 de setembro, quarenta mesquitas de Berlim prestaramhomenagem às vítias do 11 de setembro. Milhares de muçulmanosberlinenses participaram da "Oração para a Paz e a ResponsabilidadeConjunta".

Agencia Estado,

11 de setembro de 2006 | 10h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.