Ortega diz que saúde de Fidel Castro ´depende de Deus´

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, disse nesta segunda-feira "que a saúde de Fidel Castro depende de Deus e dos médicos" e que sua operação foi "realmente séria"."Ele teve que ser operado de emergência e anunciou que sua convalescença seria prolongada. Sabemos que está com 80 anos, foiuma operação realmente séria", comentou.Em sua primeira entrevista coletiva desde que tomou posse, dia 10de janeiro, o líder sandinista comparou ainda a saúde do ditador cubano "como a de todos nós", e que "todos querem que Fidel apareça".Ortega, 61 anos, evitou dar maiores detalhes sobre a saúde de Castro. "Não estou aqui para dar um boletim médico e em Cuba decidiram não especular com a sua saúde". O importante, analisou, é que Cuba continua seu caminho de forma normal. "Apesar de tudo o que se especula sobre transição, isto, aquilo, o país vive um clima de tranqüilidade, com muito carinho por Fidel. Todos querem que ele apareça", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.