Toby Melville/REUTERS
Toby Melville/REUTERS

‘Os holofotes se voltarão para William’, diz pesquisadora especializada em monarquias

Para Elena Woodacre, historiadora na Universidade de Winchester, príncipe pode ser chamado a preencher um vazio se a rainha decidir participar de menos eventos por conta do luto

Entrevista com

Elena Woodacre, historiadora na Universidade de Winchester especializada em monarquias

Fernanda Simas, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2021 | 05h00

O príncipe Philip teve atuação fundamental na condução das crises da família real, ao lado da rainha Elizabeth, mas tecnicamente sua morte não muda os papéis a serem exercidos daqui para frente. É o que diz Elena Woodacre, historiadora na Universidade de Winchester, especializada em monarquias. 

Por que Philip foi importante?

Philip foi o marido consorte mais longevo neste país. E essa longevidade dedicada aos serviços reais foi o que o tornou tão importante. Ele não tinha obrigação constitucional como marido da rainha, mas dedicou a vida à caridade e ao apoio à rainha. 

Qual é o impacto da morte dele para a família real?

Claro, a grande perda pessoal de um marido, pai, avô e bisavô. Mas, como ele já havia se afastado dos deveres reais nos últimos anos, o impacto será menor. No entanto, sua morte deixa cerca de 700 organizações das quais ele era patrono sem alguém importante.

A forma de a família real lidar com crises deve mudar?

Deve haver um impacto em como a família real lidará com as próximas crises, uma vez que Philip sempre se envolvia ao lado da rainha e tinha um papel importante nas dificuldades. Não ter suas opiniões, pode ter um impacto na família no futuro. 

A morte afeta o papel de Charles?

A morte do príncipe não afeta de forma direta o título do príncipe Charles, claro, mas o torna o homem mais velho da família real e isso lhe trará mais responsabilidades. Ele também pode ter de assumir o papel de patrono de algumas associações de caridade. Mas acredito que ele e outros membros da família já começaram a fazer isso quando Philip se afastou dos deveres reais.

O que muda para a rainha?

Tecnicamente, nada em termos de seu papel e posição. A rainha Vitória passou a maior parte de seu reinado sendo viúva, embora tenha se afastado por muito tempo do público após a morte do príncipe Albert. Ainda é incerto se a rainha vai se afastar dos deveres públicos.

Qual a importância do príncipe William agora? 

A morte de Philip não faz diferença para os papéis e títulos do restante da família. É a morte da rainha que fará isso. Mas William pode ser chamado a preencher um vazio se a rainha decidir participar de menos eventos por conta do luto. Os mais jovens da família assumiram mais protagonismo desde que Philip se aposentou e em razão da pandemia, já que a rainha não pode mais participar de tantos compromissos. Agora, os holofotes se voltarão mais para Charles e William.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.