Os tesouros ameaçados de Timbuctu

Veja templos e mesquitas sagradas que foram ou podem vir a ser atacados por grupo extremista islâmico.

BBC Brasil, BBC

03 de julho de 2012 | 12h45

TIMBUCTU - A cidade de Timbuctu, no norte do Mali, é conhecida por abrigar várias construções históricas, tidas como patrimônio da humanidade pela Unesco. Várias dessas mesquitas e templos têm sido alvo de ataques de militantes do grupo extremista islâmico Ansar Dine.

Veja também:

 Lapouge: Unesco, refém da política: Timbuctu e Belém

Antes dos ataques, o repórter Manuel Toledo, da BBC, visitou a cidade, reconhecida internacionalmente devido ao seu papel como centro de aprendizado islâmico, baseado nas três grandes mesquitas da cidade, durante os séculos 15 e 16.

Timbuctu também é conhecida como a "Cidade dos 333 Santos", da qual se origina a tradição sufista islâmica. No entanto, o Ansar Dine, que assumiu o controle da cidade em abril, segue a vertente islâmica salafista, que condena a veneração de santos.

Nesta semana, o grupo atacou a mesquita de Sidi Yahia, uma das mais famosas da cidade histórica.

Veja galeria de fotos:

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.