OSCE abre representação na Chechênia

A Organização para Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) retornou à Chechênia nesta sexta-feira e pediu a outros grupos que superem os temores referentes à segurança e participem de uma equipe de trabalho humanitário nesta devastada área caucasiana. Mircea Geoana, presidente da OSCE e chanceler da Romênia, abriu uma representação da OSCE em Znamenskoye, cidade situada no norte da Chechênia, aonde o Conselho Europeu já enviou três monitores dos direitos humanos.Algumas organizações humanitárias continuam operando com cautela na região rebelde, onde em janeiro um membro norte-americano dos Médicos Sem Fronteiras foi seqüestrado por homens armados não identificados e mantido em cativeiro durante 25 dias. "Esta será a mais complexa missão da OSCE no mundo", disse Geoana durante a cerimônia de inauguração, acrescentando que a retomada do trabalho "é um exemplo para outras organizações internacionais".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.