Otan abre investigação sobre massacre de civis

A coalizão liderada pelos EUA no Afeganistão anunciou ontem a abertura de uma investigação para esclarecer a morte de 76 civis afegãos que o Ministério do Interior atribui a um dos bombardeios das forças estrangeiras no oeste do país. Segundo o ministério, 50 das vítimas eram crianças. A coalizão diz que o ataque matou apenas 30 militantes talebans.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.