Otan aceita enviar mísseis Patriot à Turquia

A Otan autorizou na terça-feira a instalação de mísseis terra-ar Patriot para proteger a Turquia contra disparos relacionados à guerra civil na vizinha Síria.

Reuters

04 de dezembro de 2012 | 17h44

"Em resposta à solicitação da Turquia, a Otan decidiu aumentar a capacidade de defesa aérea da Turquia, a fim de defender a população e o território da Turquia", disse nota assinada pelos ministros de Relações Exteriores da aliança militar ocidental, da qual a Turquia participa.

Rússia, Síria e Irã criticaram a solicitação da Turquia, que já concentrou aviões caças ao longo dos 900 quilômetros de fronteira com a Síria e repetidamente responde à altura quando disparos sírios extraviados caem em seu território.

A Turquia, que apoia os rebeldes sírios, já havia recebido apoio semelhante da Otan durante as duas guerras no vizinho Iraque, em 1991 e 2003.

(Reportagem de Adrian Croft e Justyna Pawlak)

Mais conteúdo sobre:
OTANTURQUIAMISSEIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.