Otan aprova dois batalhões extras para Afeganistão

Depois de meses de atraso, a Otan aprovou na noite desta sexta-feira o envio de dois batalhões extras para o Afeganistão. O objetivo da medida é reforçar a segurança durante o período de eleições, agendadas para 9 de outubro. Tropas da Espanha e Itália devem chegar ao país em setembro e ficarão em território afegão por dois meses, informou o secretário-geral da Otan, Jaap de Hoop Scheffer.O embaixador norte-americano, Nicholas Burns, considera a iniciativa "um passo significativo nos esforços da comunidade internacional para ajudar o povo afegão."

Agencia Estado,

24 de julho de 2004 | 06h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.