Otan aprova envio de instrutores militares ao Iraque

Diplomatas da Otan aprovaram um plano detalhado para enviar cerca de 300 instrutores militares ao Iraque. Embaixadores dos 26 países da aliança militar adotaram rapidamente um "conceito de operação" para a missão que deverá instituir uma academia militar de oficiais nos arredores de Bagdá. O general americano David Petraeus recebeu o comando da missão de treinamento, que começou em agosto. Petraus diz que a contribuição da Otan preencherá uma lacuna importante na missão americana de reconstruir as Forças Armadas iraquianas. Ele reconheceu as dificuldades da tarefa. "É um pouco como... Tentar consertar um avião durante o vôo e levando tiros", disse o general a jornalistas.

Agencia Estado,

08 Outubro 2004 | 19h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.