Otan confirma morte de seis soldados no Afeganistão

Baixas aconteceram durante ofensiva contra terroristas do taleban, na região de Helmand

Efe,

19 de fevereiro de 2010 | 05h24

Seis soldados das forças internacionais da Otan no Afeganistão morreram durante atividades da ofensiva conta os talebans, iniciada no último sábado na província afegã de Helmand, informou nesta sexta-feira, 19, a organização.

 

A Otan não informou a nacionalidade das vítimas ou outros detalhes. Todas as baixas foram registradas na quinta-feira, dia em que as tropas internacionais registraram mais vítimas durante toda a operação.

 

Segundo comunicados da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), três dos soldados morreram pela explosão de "bombas rolantes" e outros três por disparos de armas curtas em diferentes confrontos em Helmand.

 

A Isaf e o Exército afegão começaram no último sábado a operação "Moshtarak" ("juntos", na língua dari) contra grupos da insurgência taleban no centro da província.

 

Até quinta-feira, 18, a Isaf tinha confirmado cinco baixas em suas fileiras. Além disso, carca de 40 insurgentes, 15 civis e um soldado afegão morreram durante a operação,segundo dados oficiais do Governo do Afeganistão.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoguerratalebanmortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.