Otan decide assumir comando das operações na Líbia

Órgão optou por 'executar todos os aspectos da Resolução 1973 das Nações Unidas'

Agência Estado,

27 de março de 2011 | 15h55

O órgão de tomada de decisões da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) decidiu neste domingo, 27, assumir as operações militares na Líbia contra as forças leais ao ditador Muamar Kadafi, que atualmente são lideradas pelos EUA.

"A Otan decidiu executar todos os aspectos da Resolução 1973 das Nações Unidas para proteger a população nas áreas ameaçadas de ataque pelo regime de Kadafi", informou uma autoridade sem se identificar. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
OtanLíbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.