REUTERS/Francois Lenoir
REUTERS/Francois Lenoir

OTAN declara apoio aos ataques ocidentais contra Síria

Secretário Geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Jens Stoltenberg, afirma que ataques químicos do regime de Assad “é inaceitável” 

O Estado de S.Paulo

14 Abril 2018 | 00h46

BRUXELAS – O Secretário Geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Jens Stoltenberg, declarou nesta sexta-feira, 13, que apoia o ataque ocidental contra bases sírias ligadas à produção de armas químicas

“Eu apoio as ações dos Estados Unidos, do Reino Unido e da França contra as instalações e bases do regime Sírio”, escreveu Stoltenberg em comunicado publicado pela OTAN nesta sexta-feira. “Essas ações reduziram a habilidade do regime de atacar as pessoas da Síria com armas químicas.”

+ Trump ordena ataque à Síria em resposta a uso de armas químicas

Segundo Stoltenberg, a OTAN condena o governo de Bashar Al-Assad pelo uso de armas químicas contra a cidade de Duma, nos arredores de Damasco, na semana passada, e considera o ataque “uma violação de normas e acordos internacionais”. “O uso de armas químicas é inaceitável, e os autores devem ser responsabilizados”, afirmou o secretário geral.

+ Ataque americano 'não ficará sem consequências', diz embaixador russo nos EUA

Nesta sexta-feira, o presidente americano Donald Trump anunciou um ataque contra três instalações sírias ligadas ao suposto ataque químico em Duma, nos arredores de Damasco, na semana passada. A França e o Reino Unido participam da coalizão com Washington.

+ THE ECONOMIST: Conflito sírio se agravou após debacle do Estado Islâmico

“OTAN considera o uso de armas químicas uma ameaça à paz e segurança, e acredita que é essencial proteger a Convenção de Armas Químicas. Esse é um chamado para a resposta coletiva e efetiva da comunidade internacional”, disse Stoltenberg.

+ Ataque químico na Síria mata ao menos 40 pessoas; Trump responsabiliza Putin e Irã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.