OTAN diz que ação da Rússia ameaça a paz na Europa

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Anders Fogh Rasmussen, afirmou neste domingo que as ações militares da Rússia na Ucrânia ameaçam "a paz e a segurança na Europa". Rasmussen disse ainda que a Rússia tem a obrigação de parar as suas atividades militares na região da Crimeia.

Agência Estado

02 de março de 2014 | 10h42

As declarações foram dadas antes da uma reunião do Conselho da Otan, órgão decisório da aliança que inclui embaixadores de todos os 28 países-membros. Depois do encontro, os líderes teriam uma conversa com o embaixador da Ucrânia na organização.

"Eu convoquei o Conselho do Atlântico Norte hoje por causa da ação militar da Rússia na Ucrânia e por causa das ameaças do Presidente Putin contra esta nação soberana. O que a Rússia está fazendo agora na Ucrânia viola os princípios da Carta das Nações Unidas e ameaça a paz e segurança na Europa. A Rússia deve parar suas atividades militares e suas ameaças", afirmou Rasmussen. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaUcrâniaOtan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.