Otan diz que Assad usou mais mísseis Scud

As forças leais ao ditador da Síria, Bashar Assad, dispararam mais mísseis Scud, acusou ontem a Otan. "Posso confirmar que detectamos o lançamento de mísseis tipo Scud", disse o secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, qualificando a ofensiva como "atos de um regime desesperado próximo do colapso". Rasmussen justificou, com isso, a decisão da Otan de enviar sistemas antiaéreos Patriot para a Turquia, integrante da aliança, que alega ter de se proteger de projéteis que caiam em seu território.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.