Otan e Exército afegão cercam 200 talebans no centro do país

As forças da Otan e o Exército afegão mantêm 200 insurgentes sitiados no centro do Afeganistão, entre eles provavelmente vários líderes talebans, que foram surpreendidos no meio de uma reunião, informou nesta terça-feira, 24, à Efe uma fonte oficial.As tropas ocidentais e do Exército afegão cercaram 200 talebans no distrito de Chora, na província de Uruzgan. Entre eles se encontram vários líderes do grupo, segundo o porta-voz do Ministério do Interior afegão, Zemarai Bashary. No entanto, ele não quis antecipar nenhum nome.O vice-ministro do Interior, Abdul Hadi Khalid, disse na segunda-feira, 23, em uma sessão parlamentar que é "possível" que um dos 200 sitiados seja o mulá Daddullah, porta-voz dos talebans durante o seqüestro do jornalista italiano Daniele Mastrogiacomo.Khalid afirmou que se os insurgentes não se renderem o Exército afegão e as tropas da Aliança Atlântica vão atacar.Na província de Zabul, no sudeste do Afeganistão, dois policiais morreram ontem quando seu carro foi destruído por uma bomba detonada por controle remoto, informou nesta terça o chefe de Polícia provincial, Abdul Ghafar Safi.Safi explicou que a unidade policial estava patrulhando perto da fronteira com o Paquistão quando a bomba explodiu. Outros cinco policiais ficaram feridos no mesmo ataque e foram transferidos a um hospital. A sua condição é "estável", informou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.