Otan e exército afegão matam pelo menos 13 Talebans

Tropas afegãs e da Otan mataram no domingo pelo menos 13 combatentes do Taleban na região leste do Afeganistão depois que um confronto durante a noite terminou com um ataque aéreo ao prédio onde os insurgentes estavam escondidos, disseram autoridades afegãos e da coalizão.

AE, Agência Estado

17 de julho de 2011 | 09h32

O capitão Justin Brockhoff, porta-voz da coalizão, afirmou que o confronto começou durante uma operação à noite que tinha como alvo um líder taleban no distrito de Kuz Kunar, na província de Nangarhar. A força conjunta formada por tropas da coalizão e afegãs foram alvo de tiros e os insurgentes recusaram pedidos para que saíssem do prédio, disse ele.

O confronto terminou no domingo com um ataque aéreo da Otan, disse ele, explicando que não houve mortes entre civis ou forças de segurança. "Quando membros afegãos da força de segurança tentaram esvaziar o prédio, foram recebidos com tiros dos insurgentes", disse Brockhoff. A coalizão e as forças de segurança acabaram pedindo um ataque aéreo, que "matou vários insurgentes e destruiu o prédio", completou ele.

Ahmad Zia Abdulzai, porta-voz do governador da província de Nangarhar, afirmou que os corpos de 13 insurgentes foram encontrados até agora. Ele explicou que o prédio ocupado pelo Taleban era uma escola, vazia porque os alunos estão de férias.

O confronto aconteceu no momento em que a Otan entregou o controle pela segurança na província de Bamiyan para as forças afegãs - a primeira de sete áreas a serem transferidas para o controle afegão. A província, junto com Panjshir no leste, tem tido poucos combates desde a derrubada do Taleban quase 10 anos atrás.

Ainda neste mês a transição acontecerá nas capitais provinciais de Lashkar Gah, no sul; de Herat, no oeste; de Mazer-e-Sharif, no norte; e de Mehterlam, no leste. As forças afegãs também assumirão o controle de toda a província de Cabul, com exceção do distrito de Surobi. Também no domingo a Otan informou que um de seus membros foi morto por uma bomba na estrada no leste do Afeganistão. A organização não divulgou a nacionalidade nem mais nenhum detalhe. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoOtanTaliban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.