Otan e UE criam grupo para discutir força militar

Após a tensão inicial com a recente proposta de França e Alemanha de criar de uma força militar européia, a Otan e a União Européia trocaram sinais de distensão, concordando com a necessidade de um grupo de trabalho para discutir a capacidade militar das duas organizações.O primeiro encontro está marcado para a próxima com diplomatas e especialistas dos 19 países que compõem a Otan e 15 da União Européia. ?Se trata de uma decisão concreta, que exprime a decisão de se trabalhar conjuntamente?, adiantou uma fonte diplomática da UE.Durante as discussões não será mencionado a controversa proposta de criação de uma força militar européia, proposta pela Alemanha, França, Bélgica e Luxemburgo.

Agencia Estado,

08 de maio de 2003 | 10h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.