Otan encerra ações e declara 'vitória'

Ontem à meia-noite em Trípoli (20 horas em Brasília), a Otan encerrou oficialmente suas operações na Líbia. Em visita ao país, o secretário-geral da aliança atlântica, Anders Fogh Rasmussen, afirmou que a campanha "é um capítulo de sucesso na história da Otan".

O Estado de S.Paulo

01 de novembro de 2011 | 03h06

"Vocês agiram para mudar sua história e seu destino. Nós agimos para proteger vocês", disse Rasmussen ao lado do líder interino do Conselho Nacional de Transição (CNT), Mustafa Abdel Jalil. "Juntos, vencemos. A Líbia finalmente está livre." Ao todo, a Otan realizou 9,6 mil ataques aéreos em sete meses. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.