Otan firma acordo para coletar armas de rebeldes

A Otan anunciou hoje ter chegado a um acordo com rebeldes albaneses étnicos sobre o número de armas que os insurgentes devem entregar como parte de um acordo de paz. Não está claro, no entanto, se o governo vai aceitar este número. A Otan não divulgou a quantidade, mas diplomatas ocidentais que pediram para não serem identificados disseram que os dois lados chegaram ao número de 3 mil armas, muito menos do que as 85 mil que, segundo o governo, os rebeldes dispõem.Apesar desta quantidade ser considerada exagerada, a grande diferença entre o número acertado entre Otan e insurgentes e o estabelecido pelo governo deixa aberta a possibilidade de linhas-duras da coalizão governista não aceitarem o acordo. Autoridades da Otan pretendiam se encontrar com líderes da Macedônia na noite de hoje. A Otan espera dar início à missão na segunda-feira e coletar cerca de um terço das armas dos rebeldes até o fim da próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.