Otan frustra ataque pirata a petroleiro

O petroleiro norueguês MV Front Ardennes (foto) foi salvo ontem de um ataque pirata no Golfo de Áden por forças da Otan. Navios e helicópteros da aliança atlântica perseguiram os piratas somalis durante sete horas. A ação, que começou no sábado, terminou ontem. Os piratas entregaram as armas, foram detidos e liberados após interrogatório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.