Otan inicia ofensiva contra Taleban no sul do Afeganistão

As tropas lideradas pela Otan deram início nesta terça-feira, 6, a uma grande ofensiva contra militantes do Taleban na província de Helmand, no sul do Afeganistão. Por volta das 8 horas, pelo menos um militar da Otan havia morrido na operação que conta com 4,5 mil soldados da organização e cerca de mil afegãos.A ofensiva atende a uma reivindicação do governo afegão e tem como foco a região nordeste da província de Helmand. "Os primeiros elementos de nossas tropas estão posicionados desde as 5 horas desta terça-feira (21h30 da segunda-feira, 5, pelo horário de Brasília)", disse o major general Ton van Loon, comandante da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf).Batizada de Operação Aquiles, essa é a maior ofensiva da Otan em território afegão. A ação, porém, contará com a metade do número de soldados que atuaram em uma ofensiva liderada pelos EUA na mesma região, há nove meses.De acordo com um comunicado oficial da Otan, o objetivo inicial da ofensiva é melhorar as condições de segurança na região. Porém, a longo prazo, a operação visa "ajudar a República Islâmica do Afeganistão a se reconstruir e buscar seu desenvolvimento econômico". "Nós não podemos permitir que extremistas, criminosos e o Taleban decidam o que vai acontecer neste país", disse van Loon a jornalistas. "Devemos ter certeza de que o governo do Afeganistão, com a nossa ajuda, garantirá a segurança na área".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.