Otan investiga morte de soldados afegãos por 'fogo amigo'

Ataque aéreo ocorreu quando forças da coalizão buscavam soldados americanos desaparecidos.

BBC Brasil, BBC

07 Novembro 2009 | 17h24

O Ministério da Defesa afegão disse neste sábado que pelo menos oito membros das forças armadas afegãs foram mortos em um ataque aéreo da Otan.

O incidente ocorreu na província de Badghis, noroeste do país, na sexta-feira, quando forças afegãs e americanas procuravam dois soldados americanos desaparecidos. A patrulha foi atacada por rebeldes e teria pedido apoio aéreo.

A Otan admitiu a morte dos agentes afegãos e disse que está investigando se elas foram causadas pelo ataque aéreo.

Segundo o Ministério da Defesa afegão, uma base que abrigava tropas da coalizão e forças afegãs foi atingida por engano.

'Missão importante'

"Ontem, em um ataque aéreo da Otan, sete afegãos (soldados e policiais) foram martirizados na província de Badghis", disse o porta-voz do Ministério, general Zaher Azimy.

Mais tarde, um porta-voz das forças da Otan no país, a capitã da marinha americana Jane Campbell, disse: "Estamos tristes pela perda de vidas e ferimentos causados durante esta missão muito importante".

Entre os mortos havia quatro soldados e três policiais afegãos. Acredita-se que a oitava vítima era um tradutor.

Cinco americanos e 18 afegãos ficaram feridos no incidente. O ataque ocorreu dias depois de um policial afegão ter matado cinco soldados britânicos na província de Helmand, onde os militares davam treinamento à força afegã. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.