Stringer/Arquivo/Reuters
Stringer/Arquivo/Reuters

Otan mata líder Taleban em ataque no Afeganistão

Outros 11 militantes foram mortos na província de Kunar

Agência Estado

25 de agosto de 2012 | 10h58

CABUL - Um ataque aéreo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no leste do Afeganistão deixou 12 militantes mortos, incluindo um líder do Taleban no Paquistão, informou neste sábado, 25, o porta-voz da aliança militar internacional. A ofensiva na província de Kunar, lançada no fim da tarde de sexta-feira causou a morte do mulá Dadullah, autoproclamado líder taleban na área tribal paquistanesa de Bajur, localizada na fronteira com o Afeganistão, segundo o porta-voz da Otan, o major Martyn Crighton.

Veja também:

link A estratégia do Taleban afegão

link Taleban atinge avião de chefe militar dos EUA, no Afeganistão

Dadullah teria assumido depois do ex-líder taleban de Bajur Maulvi Faqir Mohammed fugir para o Afeganistão para evitar as operações militares paquistanesas.

O líder morto era responsável pela movimentação de combatentes e armas e por ataques contra as forças da coalizão e afegãs, de acordo com comunicado da Otan. O vice de Dadullah, identificado apenas como Shakir, também foi morto no ataque.

O ataque ocorreu no distrito de Shigal, a cerca de 15 quilômetros da fronteira paquistanesa, mas Crighton não informou se a ofensiva envolveu um avião não tripulado ou mísseis lançados por pilotos.

Com AP

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoataqueTalebanOtan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.