Otan não tem plano para intervir na Síria

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Anders Fogh Rasmussen, declarou pela primeira vez em público que a aliança não tem planos para uma intervenção militar na Síria.

AE, Agência Estado

30 Agosto 2013 | 14h14

Nos últimos dias, Rasmussen declarou que "é preciso ser muito cínico" para acreditar que o ataque não tenha sido perpetrado pelo governo e que o uso de armas químicas é "inaceitável" e não pode passar sem resposta.

Hoje, no entanto, ele disse a jornalistas em Copenhague que a Otan não tem planos de intervir na Síria, o que exigiria a aprovação de todos os seus 28 membros. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
OtanSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.