Otan reúne-se para discutir impasse sobre Turquia

Representantes dos países-membros da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) reúnem-se hoje para tentar minimizar a crise provocada ontem pela decisão de três de seus membros de vetar ajuda militar à Turquia. França, Bélgica e Alemanha votaram ontem contra o envio de mísseis à Turquia para que o país defenda-se no caso de uma guerra contra o Iraque. Os países argumentam que a aprovação de tal plano seria precipitada e sugeriria que a Otan assume a perspectiva de guerra.A reunião, inicialmente prevista para a manhã, foi adiada por cerca de cinco horas para que os representantes da aliança possam manter "negociações informais intensivas", buscando solução à crise deflagrada ontem pela posição da França, Alemanha e Bélgica. A reunião foi remarcada para às 13h30 (de Brasília). Fontes oficiais disseram que o adiamento "não era um sinal desfavorável" e indicava a determinação da aliança de chegar a um consenso sobre o correto momento para início do programa de ajuda à Turquia. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.