Otan sugere que Rússia continua enviando armas a rebeldes na Ucrânia

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) continua vendo evidências de que armas estão sendo transferidas da Rússia para a Ucrânia desde a queda do avião da Malásia no leste ucraniano na semana passada, afirmou uma autoridade militar da Otan nesta quarta-feira.

REUTERS

23 de julho de 2014 | 17h48

"Notamos um aumento no volume de armas que estão sendo transferidas da Rússia para a Ucrânia nas últimas semanas. Continuamos vendo evidências do movimento de armas da Rússia para a Ucrânia desde a queda do (voo da Malaysia Airlines) MH17, o que é motivo de preocupação", disse a autoridade sob condição de anonimato.

A União Europeia tem dito que a Rússia precisa suspender o fluxo de armas na fronteira ou enfrentará sanções mais duras.

(Reportagem de Adrian Croft)

Tudo o que sabemos sobre:
OTANUCRANIARUSSIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.