Otan tem primeiro comandante francês em 43 anos

O general do Exército da França Philippe Stoltz se tornou hoje o primeiro militar do país a assumir o comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em 43 anos. Stoltz assumiu o comando da força de reações rápidas da Otan, sediada em Portugal. A cerimônia de posse ocorreu hoje em Lisboa, apenas alguns meses depois de a França ter retornado à estrutura de comando da Otan, após décadas de ausência.

AE-AP, Agencia Estado

20 de julho de 2009 | 12h28

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, também nomeou o general Stephane Abrial para chefiar o comando de transformação estratégica da Otan em Norfolk, nos Estados Unidos. A expectativa é de que ele assuma a função entre setembro e outubro. Em 1966, o então presidente francês Charles de Gaulle retirou o país do comando da aliança atlântica. A França permaneceu como integrante da Otan, mas fora de sua estrutura de comando.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaOtancomando

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.