Outdoor comparando Obama e Hitler é criticado nos Estados Unidos

Segundo representante do Tea Party, ilustração destaca que presidente apoia o socialismo

AE-AP, Agência Estado

13 de julho de 2010 | 20h33

 

 

DES MOINES, IOWA- Um outdoor criado por um grupo conservador de Iowa, nos Estados Unidos, comparando o presidente Barack Obama a Adolf Hitler e a Vladimir Lenin está recebendo críticas de outros ativistas. O movimento Tea Party instalou o outdoor na cidade de Mason, na semana passada.

A ilustração traz as fotografias do presidente dos Estados Unidos, da maior figura do nazismo e do líder comunista com a afirmação: "Líderes radicais atacam os medrosos e ingênuos". O fundador do movimento Tea Party do norte de Iowa, Bob Johnson, disse que a ilustração destaca o que o grupo afirma ser o apoio de Obama ao socialismo. Ele disse que as fotografias podem ter superado a intenção da mensagem.

Shelby Blakely, porta-voz do movimento Tea Party, disse que a ilustração não é apropriada. Segundo ela, seu grupo se opõe a qualquer comparação entre Obama, Hitler e Lenin. A Casa Branca recusou-se a comentar o fato.

O movimento Tea Party reúne pessoas de extrema-direita que defendem a responsabilidade fiscal, a atuação limitada do governo e o livre mercado. O nome é uma alusão a um protesto de colonos norte-americanos contra a taxação do governo britânico.

Tudo o que sabemos sobre:
ObamaHitlerEUATea Party

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.