Outro foco de antraz no Senado dos EUA

Novo foco da bactéria antraz foi descoberto no edifício Hart do Senado norte-americano, onde está o escritório do líder da maioria do Senado, Tom Daschle, que recebeu, na semana passada, uma correspondência contendo a bactéria. Segundo autoridades que investigam o caso, a bactéria foi encontrada próximo a um elevador serviço, por onde são transportadas as correspondências e encomendas, no primeiro andar no quadrante sul do edifício. O local foi isolado. Atualmente há 32 casos de exposição ao antraz nos EUA, 13 deles com contaminação confirmada. Sete dos 13 casos são contaminações cutâneas e seis por inalação. Três das vítimas por inalação morreram. Leia o especial

Agencia Estado,

25 Outubro 2001 | 19h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.