Outros 50 corpos são encontrados em diferentes áreas de Bagdá

Cinqüenta corpos foram encontrados nas últimas 24 horas em diferentes áreas de Bagdá, aparentemente todos eles de vítimas da onda de violência sectária que varre o país desdefevereiro. A maioria dos cadáveres apresentava sinais de torturas e tiros nacabeça, sinais comuns nestes assassinatos a sangue frio.O achado destes corpos coincidiu com a celebração do "Eid ul-Fitr", que marca o final do mês sagrado do Ramadã, por parte dos sunitas iraquianos. Os xiitas, como vem sendo habitual após a queda de Saddam Hussein, celebrarão esta mesma festa um dia mais tarde, junto com o vizinho Irã.Os assassinatos a sangue frio por razões sectárias - sunitas contra xiitas e vice-versa - acontecem freqüentemente desde que, em 22 de fevereiro, desconhecidos bombardearam a cúpula de um dos santuários mais venerados pelos xiitas, na cidade de Samarra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.