Outros segredos

Polícia acha provas contra os McCanns

, O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2010 | 00h00

Telegrama relata um encontro entre o embaixador americano em Lisboa, Al Hoffman, e o britânico, Wykeman Ellis, que teria informado a seu colega que a polícia da Grã-Bretanha ajudou a encontrar provas contra o casal McCann, que seriam os responsáveis pelo desaparecimento da filha, Madeleine, em maio de 2007.

Uribe cogitou de atacar Venezuela

O ex-presidente da Colômbia Alvaro Uribe pensou numa ação militar contra a Venezuela, em 2008, caso o presidente venezuelano, Hugo Chávez, expandisse sua agenda socialista na América Latina. "Para Uribe, a melhor contenção a Chávez permanece sendo a ação, incluindo o uso dos militares", escreveu o embaixador americano em Bogotá, William Brownfield.

EUA criticam lei sobre web na Itália

Os EUA estavam preocupados com as leis de regulação da internet na Itália. Em telegrama, os americanos dizem que elas dariam margem a "censurar qualquer conteúdo" e favoreceriam as empresas do premiê, Silvio Berlusconi. Se a Lei Romani, em vigor desde março, tivesse sido aprovada como criada abriria um precedente para que países como a China a copiassem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.