Paciente com ebola em NY deve ter alta hospitalar

O médico Craig Spencer, diagnosticado em Nova York com ebola vai deixar o hospital na terça-feira, de acordo com pessoas familiarizadas com a situação. O paciente está em tratamento em uma unidade de isolamento no Hospital Bellevue, em Nova York, desde o diagnóstico em 23 de outubro.

Estadão Conteúdo

10 Novembro 2014 | 20h55

Voluntário do grupo Médicos Sem Fronteiras, Spencer passou um tempo na Guiné para tratar pacientes com a doença antes de retornar aos EUA, em meados de outubro. Quarta pessoa a ser diagnosticada com o vírus em território americano, ele está entre os vários profissionais de saúde que receberam tratamento para a doença nos EUA e sobreviveram.

Três pessoas próximas a Spencer foram colocadas sob uma quarentena em casa pelo Departamento de Saúde e Higiene Mental da cidade de Nova York. Duas dessas pessoas foram liberadas nas últimas semanas e estão sendo monitoradas pelo departamento de saúde da cidade. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EUAebolapaciente Nova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.