Pacífico: terremoto de 8 graus e alerta de tsunami

Um alerta de tsunami foi emitido pelos governos de Fiji e da Nova Zelândia, após a ocorrência de um terremoto de 8,1 pontos de magnitude na escala Richter nas Ilhas de Tonga, no Pacífico. Segundo um relatório do Serviço Nacional Climatológico dos Estados Unidos, todas as outras áreas do Pacifico, com exceção do Alasca, Columbia Britânica, Washington, Oregon e Califórnia também foram prevenidas. O tremor ocorreu a 96 quilômetros ao sul de Neiafu, em Tonga, a uma profundidade de 16,1 quilômetros. O epicentro está a 2.145 quilômetros de Auckland, na Nova Zelândia.Segundo o último relatório de tsunamis do Serviço Nacional de Climatologia, ainda não está claro se um tsunami foi gerado após o tremor. "Um terremoto desta magnitude tem o potencial para gerar um tsunami destrutivo que pode atingir as costas das ilhas das regiões entre minutos e horas", explica o comunicado. Caso tenha ocorrido, a onda pode atingir Fiji e a Nova Zelândia nas próximas horas.Em entrevista telefônica à Associated Press, um policial da capital de Tonga, Nuku´alofa, informou que até o momento nenhum dano foi registrado."Sentimos um grande tremor aqui, mas não temos informações sobre incidentes", disse o oficial.O terremoto também foi fortemente sentido ao norte da capital. "Foi forte, mas não durou mais do que um minuto e meio", disse um policial da ilha de Neiafu, 300 quilômetros ao norte da capital."O prédio balançou, foi forte, mas não poderoso" a ponto de derrubá-lo, disse. "Não houve danos no prédio e ninguém se machucou." Ainda segundo o policial, nenhum alerta de tsunami foi recebido pelas autoridades locais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.