Pacifista é detida antes do discurso de Bush

A polícia do Congresso dos EUA deteve a pacifista Cindy Sheehan pouco antes de o presidente George W. Bush iniciar seu discurso sobre o Estado da União, informaram fontes oficiais. Sheehan, uma das principais vozes contra a guerra dos EUA no Iraque, foi convidada ao ato pela congressista democrata Lynn Woolsey. Segundo a rede de televisão CNN, Sheehan foi detida após mostrar um cartaz contra a guerra. Ela deveria ser liberada após o discurso do presidente.Sheehan e outros ativistas foram detidos em setembro do ano passado por realizar um protesto contra a guerra no Iraque em frente à Casa Branca sem ter a permissão.O filho da pacifista, o soldado Sean Casey, morreu no Iraque. Sheehan também liderou protestos contra o conflito em frente ao rancho de Bush, em Crawford (Texas).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.