Pacifistas marcam ato em Washington

Organizações pacifistas e grupos antiglobalização marcaram manifestações para o próximo sábado em Washington contra o frenesi bélico que, segundo pesquisas de opinião pública, já contagiou 90% da população dos Estados Unidos.A demonstração havia sido programada originalmente para protestar contra "a política interna e externa reacionária" do presidente George W. Bush e contra o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial.Depois dos ataques terroristas de 11 de setembro, no entanto, o FMI e o Banco Mundial cancelaram suas reuniões programadas, levando os grupos antiglobalização a optarem por manifestações pela paz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.