Pacote-bomba fere norte-americano na Arábia

Um psicoterapeuta norte-americano ficou ferido hoje quando um pacote-bomba explodiu no seu rosto na Arábia Saudita, informou a polícia. Os ferimentos foram superficiais, disse um médico do hospital onde ele foi atendido.O chefe da polícia do setor oriental da cidade de Khobar, Naser Mohammed al-Naser, afirmou que o norte-americano foi ferido no rosto, mãos e perna esquerda.Al-Naser não quis revelar a identidade do homem, mas disse que ele estava em seu escritório no Centro Médico Saad, em Khobar, quando abriu o pacote que ele acreditava continha um videotaipe.Um porta-voz da embaixada norte-americana na capital saudita, Riad, confirmou apenas que um norte-americano havia sido "ferido" numa explosão em Khobar.Khobar foi palco de um ataque a bomba em 1996 contra uma base militar dos EUA que matou 19 americanos.Tem havido uma série de explosões suspeitas na Arábia Saudita desde novembro. Duas bombas na capital, entre 17 de novembro e 15 de dezembro, mataram um britânico e feriram quatro outros. Um escocês foi ferido numa pequena explosão em Khobar em dezembro. Um britânico e um egípcio foram feridos numa explosão em Riad em março.O ministro do Interior saudita, príncipe Nayef, tem dito que as autoridades não acreditam em motivação política para os mais recentes atentados.Três estrangeiros trabalhando na Arábia Saudita - um britânico um belga e um canadense - foram presos em conexão com as recentes explosões e permanecem em custódia. Eles apareceram na televisão saudita em fevereiro confessando os atentados. Eles não deram, segundo a tradução oficial em árabe, uma explicação do motivo dos ataques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.