Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Padre chileno condenado a 12 anos por abuso sexual

Um padre católico da capital chilena foi condenado, nesta terça-feira, a 12 anos de cadeia por abusar sexualmente de dez meninas. A juíza Rosa Maria Pinto sentenciou o padre Jose Andres Aguirre, de 45 anos, a pagar 50 milhões de pesos (US$ 70.000) como compensação a duas das vítimas, cujas famílias exigiram indenização. Uma das vítimas deu à luz um menino. A sentença, da qual ainda cabe apelação, diz que a Igreja em Santiago terá de arcar com o dinheiro, se o padre não puder fazê-lo.Aguirre foi expulso da Igreja de Santiago, para a qual trabalhou em diversas escolas para meninas, onde a maioria dos abusos teve lugar. O caso Aguirre é um dos mais escandalosos a envolver membros do clero católico no Chile, e levou o cardeal-arcebispo de Santiago, Francisco Javier Errazuriz, a fazer um apelo por perdão em cadeia nacional de TV, em 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.