Padres consagram estátua de Cristo na Polônia

Padres católicos consagraram neste domingo o que as autoridades locais afirmam ser a maior estátua de Jesus Cristo do mundo, diante de centenas de fiéis poloneses. Os religiosos fizeram uma procissão, cantando e portando faixas, rumo à estátua, localizada em Swiebodzin, no oeste da Polônia. "O monumento é um sinal visível da fé em Cristo", disse o bispo Stefan Regmunt, um dos diversos clérigos que conduziram a cerimônia.

Agência Estado

21 de novembro de 2010 | 18h25

Empresários locais esperam que o monumento, cuja construção foi concluída no último dia 6, atraia turistas e peregrinos e dê um impulso econômico à região. Mas alguns poloneses acusam o padre que a criou de megalomania e dizem que a grandiosidade da estátua viola o espírito de humildade do Cristo.

O monumento tem 33 metros de altura, um para cada ano que Jesus viveu. Uma coroa de ouro acrescenta outros dois metros, enquanto um pedestal faz com que a altura total do monumento chegue a 51 metros.

O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, possui 38 metros de altura. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.