Padres de Boston pedem renúncia de cardeal

Em um ato sem precedentes na história do catolicismo americano, 58 sacerdotes da diocese de Massachusetts assinaram uma carta na qual pedem a renúncia do cardeal Bernard Law, que se encontra em Roma para realizar consultas no Vaticano sobre os casos de abuso sexual contra crianças.Segundo os sacerdotes que assinaram a carta, a posição de Law na diocese de Boston é "tão comprometida que torna impossível" ao cardeal "continuar a liderança espiritual requerida pela igreja" da cidade.Os sacerdotes revoltados são minoria no clero de Boston, mas mais numerosos que aqueles que pediram a renúncia de Law em uma ocasião anterior.Enquanto isso, em Roma, Law continuou seus contatos com a cúria sobre seu futuro e o da diocese. Uma fonte do Vaticano, que pediu para não ser identificada, indicou que o cardeal deverá se encontrar com o papa João Paulo II nos próximos dias.Em Boston, uma nova fonte de dificuldades foi aberta com a iminente libertação, sob fiança, de Paul Shanley, um ex-sacerdote que está sendo processado por abusar sexualmente de quatro crianças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.