Pai aceita mudar nome do filho após anos de ridicularização

Depois de quase duas décadas de ridicularização, um pai vietnamita aceitou mudar o nome de seu filho, originalmente batizado como Mai Phat Sau Nghin Ruoi, ou "Multado em Seis Mil e Quinhentos" no idioma local.Revoltado com a multa que recebeu por ter tido um quinto filho, Mai Xuan Can deu o estranho nome ao bebê em 1987. O nome refere-se ao valor da multa que ele teve de pagar: 6.500 dongs, quantia equivalente a R$ 1,10.Em 1999, autoridades locais tentaram convencer Can a mudar o nome do filho porque os colegas de escola provocavam o menino. Mas o pai recusava-se a ceder. Mas os funcionários do governo não desistiram, tentaram mais uma vez recentemente e conseguiram persuadir o pai."Eu disse a ele que o rapaz está crescendo e precisa de um outro nome, não um nome estranho como esse, e ele aceitou", contou Nguyen Huy Thuong, prefeito de Dai Cuong, onde ocorreu o estranho caso.O filho, hoje com 19 anos, agora chama-se Mai Hoang Long, que significa "Dragão Dourado". O Vietnã, com uma população de 83 milhões de habitantes, manteve até pouco tempo atrás uma rigorosa política de planejamento familiar para evitar que os casais tivessem mais de dois filhos.Os casais que rompiam a norma eram punidos. Atualmente, a política já não é tão rigorosa, mas o governo continua encorajando os casais a terem menos filhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.