Pai apressado para o trabalho esquece filha no carro

Uma menina de sete meses foi esquecida pelo pai no banco de trás do carro da família, informou nesta quinta, 23, a Polícia do condado de Montgomery, no estado americano de Maryland. Segundo fontes, o pai da criança, Jonathan Sander, saiu correndo do veículo para não perder o trem para o trabalho. Na pressa, acabou esquecendo a filha dentro do carro. O desligado progenitor só percebeu que tinha deixado a filha para trás depois de chegar a Washington. Nessa hora, Sander voltou a sair em disparada em direção à estação de Shady Grove, ao norte de Washington. A essa altura, algumas pessoas que diariamente pegam o trem para Washington já tinham visto o bebê de apenas sete meses abandonado no assento traseiro do veículo. Por causa disso, vários bombeiros foram para o local dos fatos, tiraram a menina do carro e a levaram para um hospital próximo. A Polícia entregou a menina à mãe e disse que não acha que o esquecimento tenha sido intencional. De qualquer maneira, o pai, que disser ter ficado "terrivelmente assustado e envergonhado", foi acusado de deixar um incapaz abandonado. Sander pode ser multado em US$ 500 dólares ou pegar até 30 dias de prisão.

Agencia Estado,

23 Março 2006 | 22h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.