Pai da bomba paquistanesa é afastado do governo

O "pai" do programa nuclear do Paquistão, Abdul Qadeer Khan, foi afastado hoje do cargo de assessor do governo, após investigação que o apontou como suspeito de repassar tecnologia nuclear para o Irã. Khan estava no cargo desde 2001, quando deixou a direção do principal complexo nuclear paquistanês. A confirmação oficial de sua demissão era esperada ainda para a noite de hoje. Seis cientistas daquele complexo já estão presos sobe a mesma suspeita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.